O Que Devo Testar em Minhas Landing Pages?

Testes A/B são, ao mesmo tempo, uma arte e uma ciência. Eles também são muito imprevisíveis. A maioria dos departamentos de marketing, especialistas em usabilidade, designers e gerentes confiam em uma mistura de experiência, instinto e opinião pessoal quando se trata de decidir o que funciona melhor para seus clientes. Esteja preparado para lançar todas essas conjecturas no lixo para começar a ter um verdadeiro entendimento do que funciona e do que não funciona – testes, assim como uma câmera, nunca mentem.

No fim do dia, é o seu cliente e sua marca (sua marca é o que seus clientes pensam que você é, e não o que você diz ser) que decidem o que converte melhor. Tendo dito isso, alguns elementos de uma landing page podem ser avaliados através dos testes. Cabe a você decidir as diferentes variações e conteúdos que serão testadas, no entanto, o que funciona melhor (goste você ou não) é uma decisão que cabe aos consumidores.

Alguns elementos que você deve considerar testar:

  • O título principal (que costuma conter uma definição sucinta da proposição de valor central de seu produto/oferta/serviço)..
  • A chamada para ação (CTA) – tipicamente o texto no botão que representa o objetivo de conversão de sua página.
  • Hero shot. Tente uma variação de sua foto principal (caso tenha uma) – de preferência mostrando seu produto ou serviço sendo utilizado em contexto.
  • Design do botão. Utilize princípios de design para testar a aparência de seu CTA (contraste, espaço em branco, tamanho). Acima de tudo, tente deixá-lo maior.
  • Cor do botão – verde para ir, azul para links, laranja ou vermelho para reação emocional.
  • Extensão do formulário. Para captura de lead e outros tipos de uso, pode ser interessante minimizar a quantidade de campos que os visitantes precisam preencher. No entanto, caso a coleta de dados seja particularmente importante, tente executar um teste A|B|C|D|E com variações diversas da quantidade de informações exigidas. Desta maneira, você terá condições de corroborar sua decisão sobre qual taxa de abandono é aceitável quando pesada contra a quantidade adicional de dados produzidos.
  • Texto longo contra texto curto. Normalmente, quanto mais curto melhor, mas para certos produtos os detalhes são importantes no processo de tomada de decisão. Teste e avalie.