• what is unbounce
  • CATEGORIAS

    11 Documentários que VOCÊ, profissional de marketing, deve assistir.

    Marketing é uma das poucas disciplinas situadas no cruzamento entre a arte e a ciência, permitindo que tiremos inspiração de, praticamente, todo lugar.

    Além de ser conveniente, permite um aprendizado e crescimento contínuo, dando poder aos bons profissionais de marketing tornar até mesmo críticas negativas da indústria em contra-mensagem eficazes, um exemplo é a campanha da Dove que há décadas vem retratando a busca da beleza real.

    No intuito de aprender a partir de diversas perspectivas, apresentamos aqui 11 documentários que tratam de marketing e outros tópicos interligados, como tecnologia, design e empreendedorismo. Eles farão com que você pense, ria e até mesmo reflita sobre mudanças e aprimoramento.

    marketing-documentaries-spurlock

    (Imagem Cortesia da Sony Pictures)

    1. O Século do Ego

    Você já sentiu uma pontada “orwelliana” ao se referir ao seu público-alvo?

    Bem, no “O Século do Ego”, o diretor Adam Curtis credita a influência dos Freud (Sigmund e Anna) e seu descendente Edward Bernays às origens um tanto chocantes da publicidade e RP contemporâneos.

    Una-se a ele em seu poderoso salto de 4 horas através do século XX. Conforme ele relata o nascer da mídia de massa e a história das comunicações como você nunca ouviu antes. Aqueles que conseguirem acompanhar toda essa fascinante jornada educacional podem terminar sendo capazes de enxergar a Matrix…

    Ver por Stream: Episódios1, 2, 3 e 4.

    Lançamento: 2002
    Duração: 4 episódios, 60 minutos cada.

    Jargões: Relações Públicas, Psicográficos, Grupos Focais, Freud, Bernays.

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Talvez como uma terapia de aversão do tipo “olhos abertos à força” do Laranja Mecânica, mas também do tipo “coma o brócolis”. Esta é uma história abrangente e sem rodeios, que ajuda a todos na mídia, marketing, comunicações, RP e publicidade a entenderem quão assustadores podemos ser quando paramos de ser relevantes.

    2. The Persuaders

    Este episódio da PBS Frontline estabelece o paradoxo subjacente da indústria de persuasão: quanto mais você anuncia, mais desordem e ruído você cria. Sendo assim mais ruidoso você precisa ser para se destacar nessa desordem, continuando a anunciar em um ciclo “ouroboreano” do desespero. E aí começa tudo de novo, ad nauseam .

    Douglas Rushkoff utiliza a malfadada jornada do lançamento das linhas aéreas Song da Delta como pano de fundo para explorar lifestyle branding, colocação de produtos e propaganda política.

    Cheio de trechos de áudio psicossociais fascinantes como a visão de Clotaire Rapaille sobre como o queijo é visto como um ser vivo na França, mas morto nos EUA (o gato de Schrodinger deve estar com inveja) e entrevistas com líderes de opinião como Naomi Klein.

    “The Persuaders” pode ter mais de uma década, mas ainda é relevante hoje em dia.

    Comprar ou Ver por Stream: Stream via PBS, compra na Amazon.

    Lançamento: 2004
    Duração: 90 minutos

    Jargões: Sem Emendas, Botão de Compras Reptiliano, Branding Emocional, Marcas de Estilo de Vida, Narrowcasting, Prospecção, Segmentação.

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Fará você pensar de outra forma sobre sua mistura de marketing e estratégia geral.

    A não ser que você tenha trabalhado para as Linhas Aéreas Song, neste caso você pode acabar com um caso de TEPT.

    3. Art & Copy

    Ao contrário dos dois primeiros itens desta lista, que são bem críticos à indústria da persuasão, “Art & Copy” é uma verdadeira carta de amor às melhores e mais inteligentes campanhas e líderes da publicidade.

    O diretor Doug Pray entrevista grandes profissionais do marketing, como Mary Wells Lawrence, Lee Clow e Dan Wieden para conhecer sua opinião particular sobre campanhas seminais como “Just Do It”, “I [heart] New York”, “Where’s the Beef?”, “Got Milk?”, dentre outras.

    Pray nos fornece insights valiosos sobre o tipo de trabalho que propulsiona uma marca para discussão, livros de história e o futuro – tudo de uma vez.

    Comprar ou Ver por Stream: Stream via Netflix, compra na Amazon.

    Lançamento: 2009
    Duração: 89 minutos

    Jargões: Publicidade, Inspiração, Criatividade, Design, Copywriting.

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Se você gosta de “Mad Men”, mas gostaria de ver mais sobre campanhas reais, “Art & Copy” é exatamente isso.

    4. Helvetica

    Ao contar a história da fonte Helvetica (née Die Neue Haas Grotesk), o diretor Gary Hustwit aborda a história do design e tipografia moderna em uma obra elegantemente concebida de cinema sutil que é em si uma alegria para os olhos.

    Designers renomados como Massimo Vignelli e Matthew Carter apresentam belos portfólios de seus trabalhos, conforme discutem poeticamente sobre filosofia da estética, metodologia e a fonte du jour.

    Nos últimos 50 anos, a Helvetica se tornou mais e mais pervasiva, preenchendo nossas ruas, metrôs, anúncios, rótulos, livros e sites com suas arestas finas e arredondadas.

    Agora, rezemos para que ninguém faça um documentário sobre a Comic Sans… Ah não! Uma estudante já fez isso.

    Comprar ou Ver por Stream: Compra na Amazon
    Lançamento: 2007
    Duração: 80 minutos

    Jargões: Tipo, Tipografia, Fontes, Design, Helvetica.

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Qualquer pessoa tentando transformar seu produto ou serviço em um nome familiar vai aprender muito com o tipo de letra que tomou conta do mundo.

    Una-se aos nossos colegas designers para discutir temas como kerning.

    5. This Space Available

    Este colorido documentário passa por diversas cidades pelo mundo (11 países em 5 continentes) em uma hora para mostrar como diferentes comunidades estão lidando com o aumento da poluição visual causada pela publicidade nas ruas.

    A cobertura sobre São Paulo é particularmente impressionante, já que a cidade baniu praticamente toda a publicidade nas ruas em 2006, tornando este um caso interessante para estudos sobre a redução da chamada poluição visual.

    Dada a audácia e talento dos ativistas de apropriação de outdoors exibidos no filme, é um toque hábil eles fornecerem um livro de colorir para download para que também possamos nos divertir.

    Comprar ou Ver por Stream: Pague para ver na Daily Motion.
    Lançamento: 2011
    Duração: 52 minutos

    Jargões: Proibição de letreiros, Publicidade Exterior, Campanha publicitária pública, Poluição Visual

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Desde o que aconteceu em São Paulo, muitas outras cidades estão falando sobre a proibição de letreiros e regulamentações mais restritivas.

    Com os usuários on-line fazendo o equivalente virtual utilizando software de ad-blocking, será cada vez mais importante criar campanhas dentro de um contexto.

    6. Not Business As Usual

    Documentário Not Business As Usual do institute B no Vimeo.

    O surgimento da B corporation está finalmente permitindo que os empreendedores tenham uma alternativa híbrida aos modelos sem e com fins lucrativos, permitindo que comecem empresas que tenham missões tanto sociais quanto financeiras.

    Em “Not Business as Usual”, o diretor Lawrence Le Lam discorre sobre diversas B-corps registradas em Vancouver, incluindo Lunapads, uma empresa cujos produtos de higiene feminina reciclados ajudam o meio ambiente na América do Norte enquanto seu programa Pads4Girls e sua empresa irmã AFRIpads ajuda garotas em Uganda a se manterem na escola através do fornecimento de suprimentos.

    Este tipo de pensamento holístico é a epítome do comprometimento com o “tripé da sustentabilidade”, no qual Pessoas, Planeta e Lucros são contabilizados no sucesso da empresa.

    Comprar ou Ver por Stream: Gratuito para ser assistido no Vimeo.
    Lançamento: 2013
    Duração: 61 minutos

    Jargões: B-Corporation, Tripé da Sustentabilidade, Capitalismo Consciente, Empresa Social

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Pode inspirá-lo a mudar o jeito que você trata seus negócios, ou pelos menos como olha para seus KPIs.

    7. Miss Representation

    “Miss Representation” aborda a limitada e limitante representação de mulheres na mídia, correlacionando a escassez proporcional de empresas femininas, líderes políticos e midiáticos com a objetificação contínua, tanto nas telas como fora delas.

    No documentário incríveis exemplos de todas as idades e gêneros brilham, conforme detalham suas experiências com franqueza. E com entrevistas de personalidades como Condoleezza Rice, Nancy Pelosi, Katie Couric, Rachel Maddow, Margaret Cho e Geena Davis, você poderá entender porque Oprah Winfrey assumiu os direitos de distribuição do filme.

    Há três anos, o The Reputation Project constrói uma comunidade ao redor da missão do filme e o próximo projeto da diretora Jennifer Siebel promete discutir os impactos negativos correspondentes dos estereótipos de gêneros para homens.

    Comprar ou Ver por Stream: Stream via Netflix, , compra na Amazon.
    Lançamento: 2011
    Duração: 89 minutos

    Jargões: Gênero, Objetificação, Pós-Feminismo, The Representation Project

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Nós podemos fazer um trabalho melhor nos contrapondo a estereótipos de gênero, como azul/rosa, ao vender de maneira mais consciente (e ética), tanto para mulheres quanto para homens.

    8. How TV Ruined Your Life

    Infelizmente, muitas pessoas deste lado do Atlântico (ainda) desconhecem Charlie Brooker, um comediante e mal-humorado profissional britânico que você poderia jurar que é o irmão mais velho e mais irritado de Jon Stewart.

    Do outro lado do oceano, ele está levando o détournement a novos níveis de glória pós-moderna com séries como “How TV Ruined Your Life”. Brooker interseciona filmagens reais com vinhetas fictícias para gerar uma super reclamação sobre o tópico do dia e expor como a mídia distorceu completamente nossa percepção sobre este tópico.

    Um ótimo exemplo disto é o quarto episódio, sobre amor, no qual o romance malfadado de um casal fictício é pareado a notícias atuais tanto com propósito cômico quanto explicativo.

    Ainda que algumas de suas referências sejam bastante regionais (ou seja, extremamente britânicas), vale a pena pela parte narrativa de cada um dos seis episódios da série.

    Comprar ou Ver por Stream: Atualmente disponível no YouTube (Episódios 1 (Fear), ,2 (The Lifecycle), 3 (Aspiration), 4 (Love), 5 (Progress) e 6 (Knowledge).

    Lançamento: 2011
    Duração: 6 episódios, 30 minutos cada

    Jargões: Mídia, TV, Publicidade, Sátira

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Não há nada como relaxar e deixar que o humor de Charlie Brooker recaia sobre você depois de um longo e pesado dia de trabalho, no qual você não pode gritar com todos aqueles que entraram no caminho de suas incríveis iniciativas de marketing.

    9. POM Wonderful Presents: The Greatest Movie Ever Sold

    O diretor Morgan Spurlock de “Super Size Me” divertidamente se insere no mundo da publicidade integrada ao documentar sua jornada tentando vender colocação de produtos a marcas e agências no documentário “The Greatest Movie Ever Sold”.

    Além de discursos de venda cada vez mais enérgicos, ele nos leva em viagens para uma São Paulo pós-proibição de publicidade exterior e para uma escola buscando arrecadar mais fundos, mostrando anúncios para seus estudantes.

    A grande diversão é ver a indústria pelo ponto de vista externo e único de Spurlock e desfrutar de todos os seus estranhos esforços promocionais, como sua roupa de entrevista com logotipos inspirada na NASCAR, todos muito de acordo com o espírito de se vender deste filme atrevido.

    Comprar ou Ver por Stream: Stream via Netflix, compra na Amazon.
    Lançamento: 2011
    Duração: 87 minutos

    Jargões: Publicidade Integrada, Colocação de Produtos, Entretenimento com Marcas, Madison & Vine

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Não apenas o filme em si, mas a maneira pela qual Spurlock se aproximou do marketing e do RP para o lançamento do filme foi previsivelmente engenhosa, tornando tudo um belo estudo de caso. Muito meta?

    10. Internet Rising

    Toda nova mídia é inicialmente glorificada por seus usuários iniciais, apenas para ser considerada mundana uma ou duas gerações depois.

    O telefone, inicialmente, gerou comparações da “voz incorpórea” à voz de Deus e, hoje em dia, nós mal recebemos chamada de voz.

    A internet passou por uma trajetória similar, da analogia inicial de Marshall Mluhan, que comparou o acessar o corpo de conhecimento humano com uma comunhão sagrada ao nosso uso atual de sua grande possibilidade para distribuir liberalmente imagens de gatos.

    “Internet Rising” é um fantástico lembrete do impacto real midíatico sobre a segurança, privacidade e a mídia como um todo. Mantendo-se fiel ao assunto, ao fazer com que todas as entrevistas com especialistas sejam conduzidas digitalmente. Você, por um momento, pode sentir falta do som de seu modem de 28k.

    Comprar ou Ver por Stream: Disponível gratuitamente no YouTube.

    Lançamento: 2011

    Jargões: Noosfera, Inconsciente Coletivo, Segurança, Ciberespaço, Second Life

    Por que profissionais de Marketing devem assistir

    Entre lançamento de novos sites, apps ou campanhas PPC pode ser bastante inspirador relaxar e ser lembrado sobre como a internet foi inspiradora, é, e ainda será.

    11. Transcendent Man

    Inventor, autor de best-seller, futurista e viciado em vitaminas, Ray Kurzweilo é um assunto cativante nesse documentário intimista.

    O filme explora suas realizações geniais (incluindo software pioneiro text-to-speech e scanners de mesa), sua obsessão pessoal em vencer a morte em resposta à perda de seu pai, bem como a sua longa série de previsões futuristas de sucesso, controversas e incognoscíveis.

    Kurzweil leva a superprodução a um nível completamente novo com sua dedicação em fazer tudo a chegar até A Singularidade, uma metáfora emprestada da física para descrever o momento quando a inteligência artificial sobrepujará sua prima biológica.

    Talvez, o sucesso do filme “Ela” indique que nossa sociedade está se apegando mais intensamente ao conceito que ele está defendendo há anos.

    Comprar ou Ver por Stream: Stream via Netflix, compra na Amazon.
    Lançamento: 2009
    Duração: 83 minutos

    Jargões: Genética, Nanotecnologia, Robótica, A Singularidade, Inteligência Artificial, Biotecnologia, Transumanismo

    Por que profissionais do Marketing devem assistir

    Esqueça o próximo trimestre ou o próximo ano fiscal, tomar um momento para pensar sobre um futuro para além da próxima versão do iPhone é uma ótima perspectiva. Mesmo que você ache que projeções são tolices.

    Quais documentários lhe inspiraram como profissional de marketing? Se esquecemos de algum dos seus favoritos, conte-nos nos comentários!

    — Liesl Barrell , Adaptação de Andréa Amaral

    Sobre Liesl Barrell
    Liesl Barrell é a co-fundadora e CEO da Third Wunder, uma agência digital especializada em marketing para marcas que buscam mudanças e novos meios de fazer negócios em todo o mundo. Em seu tempo livre Liesl é uma experiente palestrante, escritora e líder para comunidade feminina da tecnologia. Você pode entrar em contato com ela pelo LinkedIn, Twitter ou na vida real (se é que isso ainda acontece).
    » Mais publicações por Liesl Barrell